Enfermeira é suspensa de hospital após usar apenas roupas íntimas sob EPI

Uma enfermeira na Rússia foi suspensa do hospital onde trabalhava em Tula, após aparecer atendendo pacientes infectados pelo novo coronavírus apenas de lingerie por baixo do equipamento de proteção individual (EPI).

O avental usado pela enfermeira é feito de vinil transparente, e isso revelou o que havia por baixo da roupa. Posteriormente, ela alegou que não achou que a proteção seria tão transparente a esse ponto.

A funcionária trabalhava na ala masculina de pacientes em tratamento do coronavírus do hospita.

Embora nenhum paciente tenha reclamado das vestimentas da profissional, os chefes do hospital decidiram suspendê-la “por não cumprir os requisitos para roupas médicas”. O Ministério da Saúde local também aplicou uma sanção disciplinar ao departamento do hospital por violarem requisitos de segurança. No entanto, não detalhou qual seria exatamente a medida disciplinar.

Na última quarta-feira (20), foram registrados 309.705 casos de Covid-19 na Rússia e quase 3 mil mortes.

Siga a Metrópole News nas redes sociais

Facebook
Instagram
YouTube
Twitter
TikTok
Grupo WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido!